segunda-feira, 25 de junho de 2012


From USA to Brazil: a postcard!


Como já deu pra perceber, ao longo dos meus posts, há alguns trechos de músicas, explicitando ser esta uma das minhas paixões. Sendo assim, o trecho escolhido para começar este 'Diário de Bordo' é da minha banda favorita, Red Hot Chili Peppers.

"It's time to leave this town, it's time to steal away
Let's go get lost anywhere in the U.S.A.
Let's go get lost, let's go get lost..."
 












Estou apenas no começo dessa experiência, mas o conceito de crescimento pessoal não sai da minha cabeça a cada situação que vivencio aqui, longe dos meus. 

Em meio a tantas pessoas diferentes, lugares, costumes, idiomas (... sim, por que nãé só com o inglês que estou me familiarizando, mas também como o 'Swahili', 'Espanhol', 'Hindi' e 'Corean Language', devido à quantidade desses povos aqui em Columbus), é como se você pusesse no maior zoom o conceito de mundo, culturas e realidades existentes na sua cabeça. E cada vez mais você vai percebendo que precisa estar em harmonia com o mundo pra que as coisas possam fluir.

As pessoas que pude conhecer nesse pequeno espaço de tempo se mostraram bastante simpáticas, de bem com a vida e dispostas a ajudar, pois é... os americanos mostraram-se diferente da fama que me tinha sido passada em relação ao temperamento, mas são realmente patrióticos, em várias casas encontramos a bandeira de seu país erguida, coisa que só acontece em tempo de copa do mundo no Brasil, e olhe lá. O tempo e condições climáticas daqui também me surpreenderam, pois chegamos no verão e provamos que realmente as estações do ano aqui são muito bem definidas. A temperatura está alta e a sensação térmica mais ainda. É  dificil imaginar como uma terra em que faz tanto sol e calor fique coberta com cm's e cm's de neve no inverno, mas aqui é assim. Outono e primavera são bem característicos também, com suas muitas folhas pelo chão e flores por toda a parte, respectivamente.

Resumão: A viagem foi muito fria, os 4 vôos, passamos 12 horas em Miami (It was really freezing!!!) Alívio quando chegamos aqui, o clima bastante ensolarado. Começamos um treinamento no laboratório, o pessoal de lá nos ajudou a nos estabelecer na cidade. Nessa segunda semana estamos começando a parte prática. A cidade é linda, muito arborizada e cheia de grama, tudo muito harmonizado e planejado. A comida aqui é muito barata (Coca-cola de 2L a U$ 1), mas o cinema não. Os motoristas são muito educados. As ruas são calmas e ninguém anda à  pe. Todo mundo de carro!








A experiência está sendo realmente rica, principalmente por causa das relações interpessoais que estão sendo firmadas, e que, neste caso, também são interculturais. Agora, mais do que nunca, valorizo a educação vinda do meu seio familiar (Muito obrigada, família!!!) pois,  quando as relações entre as pessoas são genuinamente gratuitas, tudo se dá de forma verdadeira, sem esforços. Mas quando é pautada no interesse sobre o que a outra pessoa pode trazer, todo esforço empregado para adquirir e manter a relação pode até trazer a vantagem almejada, mas a este faltará distinção sobre o que é amizade e o que é investimento, sobre o que é verdadeiro e o que nãé.

Assim é a vida nos Estados Unidos da América. Onde as casas são de madeira e carros parecem de brinquedo. E onde, ao acordar ao som de um cortador de grama, você percebe a realidade de uma sociedade pautada num ideal de ORDEM que aspira cada vez mais ao PROGRESSO.

"Now let us drink the stars, it's time to steal away
Let's go get lost right here in the U.S.A.
Let's go get lost, let's go get lost..."



9

9 comentários:

Lusiana Farias disse...

Ah... e muitissimo obrigada ao meu amigo Deivide Eduardo que me doou os acentos!

Luana Francisleyde disse...

Minha maninha, sempre muito expressiva. Adorei o texto! Sempre quando tiveres um tempo, registra tuas impressões e nos presenteia com este olhar sensível e preciso. Orgulho da família Farias!!! Bjão, Nega!

Erika Raquel Batista Da Silva disse...

Boom Lusiana Farias, só tenho a agradecer por dividir sua experiencia nos EUA é com muito orgulho de ter uma pessoa amiga como vc é, guerreira e ao mesmo tempo ser uma garota que saiu daqui do interior da paraiba para alcançar seus objetivos tão distante. Eu irei mim espelhar em vc sempre com esse jeito guerreiro de ser, de mostrar que é capaz e de ser essa pessoa tão boa que es, os textos são lindos bem explicativos e bem demonstrativo. E as fotos tb são lindas. Parabéns e Boa sorte!

Aline Melo disse...

Eba! Estava esperando pelo começo do diário de bordo de Lusi Farias. As fotos estão ótimas, gostei dá foto dos dólares! hehehehe Gostei também do texto, tou louca pra viajar pelas tuas narrativas. E Guilherme como está? Sucesso Lusi!

Lusiana Farias disse...

Muitíssimo obrigada! Estou sem palavras com tantos elogios...
Sinto muitas saudades de vocês, espero atualizar o blog, mais especificamente o Diario de Bordo, com muita frequência.
Aqui no blog estou postando mais fotos pra mostrar como 'e aqui em Columbus, nao as minhas fotos de turista, essas pretendo postar depois no face... rsrsrsr
As primeiras fotos sao da primeira semana aqui, e as outras da segunda semana. Espero que tenham gostado.
Peco desculpas por alguns acentos q nao saíram, mas 'e por que estou com um pc americano, mas para o post um amigo me doou.
Aguardem, brevemente haver'a novas postagens e, mais uma vez, sintam-se em casa! Bjos!

Augirlene Nascimento disse...

Lusii, que texto lindoo...
é incrível a forma com que vc consegue colocar tanta emoção em suas palavras !
posso dizer que pude sentir os EUA mais perto de mim ...
anciosa por novas postagens !!
Xeroo bem grandee s2

Jaberlânye disse...

Que lindo Lusi... Parabéns pelo texto tão bem escrito, a maneira como você usa as palavras é encantador!
Esperamos novas postagens!

PJJ disse...

Ai que vendo essas fotos e lendo o que vc escreveu viajei, rsrrsrrs, senti uma saudade do ainda não me aconteceu, aqueles dejavu's da vida. É lindo, lindo, lindo demais, imagino isso tudo aí no inverno, ficaremos na espera de mais postagens!!! Xero Lusi, saudades.....:f Sara

Deivide Eduardo disse...

Do bom uso das palavras até a torrada mordida me levou a ir te visitar sem sair da cadeira... Continue abusando das palavras que continuarem ousando na Leitura.

Prepare-se Columbus agora é sua nova Townsville, Docinho.

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t